Categories
Saúde e bem Estar

Amigos do Coração

Alimentos

Não é apenas na prevenção de enfermidades coronárias que certos nutrientes podem ajudar a evitar doenças. Existem alimentos que tem um efeito muito positivo no tratamento de um determinado mal de coração já existente.

Encontramos estes componentes em alimentos de origem vegetal, tais como frutas, verduras, sementes, cereais integrais, etc. É baseando a sua alimentação numa dieta vasta em alimentos vegetais, principalmente pouco processados, que pode diminuir o risco de doenças cardiovasculares.

 
Categories
Saúde e bem Estar

O problema do amendoim

Alergia

Não há falta de regras alimentares para as crianças. E muitos pais seguiram à risca as indicações para as alergias, mantendo alimentos que as desencadeiam, como ovos e amendoins, fora dos pratos dos filhos até dois ou três anos de idade. A academia Americana de Pediatria divulgou um relatório onde refere que, embora os bebés não devam comer sólidos até terem seis meses de idade, isso não diminui o risco de ter alergias. “Não interessa a que idade é que ficou exposto”, diz Todd Green, médico que fez o estudo.

Descobriu-se que as crianças a quem foi diagnosticada alergia ao amendoim nos últimos anos tiveram a sua primeira reacção com apenas 14 meses e o problema começou por volta dos 24 meses. Mas, uma vez que o tempo entre o estar em contacto com a amendoim e a primeira reacção adversa é o mesmo, não interessa quando comeram amendoim pela primeira vez, significa apenas que “se é alérgico, é alérgico”, diz Green.

O que pode fazer? Pergunte ao seu pediatra quando é que pode introduzir o amendoim na alimentação e como agir se o seu filho tiver uma reacção alérgica. O médico pode aconselhar a esperar algum tempo, menos de três anos não conseguirá descrever alguma reacção adversa, enquanto uma criança de quatro anos já o consegue fazer.

Categories
Saúde e bem Estar

Comer para evitar asma

O poder curativo dos alimentos chega também aos seus pulmões. Aquilo que come ou evita comer pode evitar que sofra de asma.

As melhores escolhas: coma fruta todos os dias, especialmente maças, laranjas, uvas e tomate. Coma mais gordura saudáveis, como azeite, peixe e nozes, que parecem prevenir os danos nos tecidos pulmonares e reduzem as inflamações.

As piores escolhas: gorduras saturadas, carnes fumadas com nitratos. Estes alimentos agravam as inflamações causadas pelo ar poluído e impedem a dilatação das vias respiratórias, entre outros problemas.

Categories
Mulher

As 5 mentiras das mulheres sobre sexo

Tabús

O sexo continua a ser um tabu entre muitas mulheres. Ainda que algumas afirmem falar sobre isso sem complexo, o certo é que existem mentirinhas quenenhuma mulher confessa, nem a melhor amiga.

Sem meias palavras e deixando de lado a imagem de mulheres puras, santas e castas, reunimos as cinco mentiras que praticamente todas escondem, mesmo sob tortura.

 

Não existe o sexo sem amor

Quem nunca imaginou fazer sexo com um homem desconhecido que atire a primeira pedra. Desde Brad Pitt e Johnny Depp até o cantor da sua balada favorita. Sim, algumas mulheres sonham em dormir com o amigo de um amigo ou, ainda, ter um romance de verão que dura apenas poucos dias. E quem está falando de amor, então? Neste caso trata-se de desejo e paixão.

 

O importante é a personalidade.

As mulheres asseguram, quase sem exceção alguma, que o mais importante num homem é sua personalidade, e como “não há sexo sem amor”, terminam a sonhar com um encontro fantástico com a alma gêmea. O certo é que uma vez na cama, além de sua personalidade, é necessário que entre os dois exista química para sentir prazer. Caso contrário, ou seja, sem atração física, ele pode passar a ser seu melhor amigo.

 

Categories
Mulher

Homens que usam saias

As mulheres tiveram de enfrentar o preconceito para puderem usar calças. Há homens que querem os mesmos direitos: vestir saia sem perder a masculinidade.

O guarda-roupa de Dominique Moreau é, no mínimo, sui generis. Além de calças e calções, este francês de 39 anos tem no armário 20 saias desenhadas especificamente para homens. Todas têm corte adaptado à estrutura masculina – mais largo na cintura e mais estreito nas ancas. As cores são discretas (preto, cinzento, castanho ou caqui), os padrões são simples (não têm flores) e a altura é sempre a mesma – abaixo do joelho.

Há seis anos, este executivo, casado e com dois filhos, começou a usar saias regularmente. “Sentia-me mais confortável”, diz. Foi este gosto e a descoberta, na Internet, de outras pessoas com hábitos semelhantes, que o levaram à presidência da associação Homme en Jupe (homem de saia), que reclama o direito dos homens usarem saia.

 “ L u t a m o s contra os preconceitos, o sexismo e a discriminação. Queremos ajudar os homens com dificuldades por causa da roupa e encorajar a comercialização de saias masculinas”, explicou Dominique Moreau. “Tal como as mulheres do pós-guerra, que começaram a usar calças, queremos dispor do nosso corpo”. Até porque há diversas vantagens no uso de saias, diz. São confortáveis e permitem indumentárias mais variadas.

 

Categories
Grande Maputo

A dupla fama das “Barreiras”

“Corta mato”  

Na prática são degraus de betão que constituem a escada colocada no meio de uma encosta que se ergue entre as zonas alta e baixa da Cidade de Maputo. A escada parte da zona mais conhecida por Museu, em referência ao Museu da História Natural, e desce até às traseiras da Televisão de Moçambique (TVM).   

 

 

 

Estamos a descrever as famosas “Barreiras” que, na verdade, têm dupla fama. Uma porque o seu topo, ali ao lado do Hotel Cardoso e quase em frente à Escola Secundária Josina Machel, oferece uma magnífica vista do mar e do belo traçado arquitectónico da baixa da Cidade. A outra, porque percorrer os seus degraus pode significar um risco, não tanto pela sua degradação, mas pelos amigos de alheio que fazem do atalho seu palco de investidas.

 

Categories
Editorial

Há-de chegar

 

Nas últimas duas semanas a América tremeu e com ela o Mundo. Já há mesmo quem compare a presente crise económicofinanceira com aquela que se registou num célebre 24 de Outubro do já longínquo ano de 1929. Estava-se no último dia útil da semana e para a história ficou registado como a “sexta-feira negra.”

No momento em que escrevo estas linhas – segunda-feira à tarde – a crise pulou o Atlântico e instalou-se, com toda a sua pujança, como se de um vírus terrível se tratasse, no coração da Europa, provocando imediatamente baixas entre os bancos do velho continente. Os governos dos diferentes países, como pais preocupados com a saúde dos filhos, prontamente ocorreram em seu auxílio, resgatando-os da bancarrota. Foi assim com o gigante belga Fortis, com o britânico Bradford & Bingley (B&B), com o alemão Hypo Real Estate, só para citar os principais. Tanto assim que hoje o Fortis já se encontra debaixo do controlo público, após um acordo celebrado com as autoridades da Bélgica, Holanda e Luxemburgo, em que estas injectaram 11.200 milhões de euros para salvar o grupo bancário. Para o resgate do banco hipotecário Hypo Real Estate e também para cobrir as suas necessidades e financiamentos futuros, foi aberta uma linha de crédito, financiada por um consórcio de bancos alemães, de vários biliões de euros.

Mas hoje, segunda-feira, estas intervenções nos bancos europeus vieram dissipar o possível efeito positivo que poderia ter nas bolsas o acordo entre republicanos e democratas sobre o plano de resgate financeiro no valor de 700 mil milhões de dólares delineado pelo Governo de Bush para salvar o sistema financeiro norte-americano e acalmar os mercados bolsistas.

Categories
A Semana

A Semana

DETENÇÃO DE ALMERINO MANHENJE

Chissano considera “incompreensível”

O ex-presidente moçambicano Joaquim Chissano disse ser “incompreensível” a detenção Almerino Manhenje, defendendo que “ele poderia responder em liberdade, pois nunca fugiu do país”.

Manhenje, que dirigiu a pasta do Interior entre 1996 e 2005, em simultâneo com a de ministro na Presidência para os Assuntos de Defesa e Segurança, foi detido por ordens da PGR, alegadamente por envolvimento no desvio de cerca de nove milhões de dólares.

Comentando a detenção ao canal público, TVM, Chissano, que era o chefe de Estado e do Governo no tempo em que Manhenje exerceu as funções de ministro, mostrou-se indignado.

 “Não compreendo isso, porque ele [Manhenje] nunca fugiu do país e podia responder ao processo em liberdade (…), há crimes mais graves em que os envolvidos respondem em liberdade”, sublinhou o antigo Presidente moçambicano.

Joaquim Chissano estabeleceu um paralelismo entre o caso de Almerino Manhenje e o processo por corrupção envolvendo o presidente do ANC, partido no poder na África do Sul, Jacob Zuma, mantido em liberdade no decurso das investigações e julgamento, que terminou com a sua absolvição na semana passada. Além de Almerino Manhenje foi igualmente detido o PCA do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), Armando Pedro. Lourenço Mathe, Manuel Mome, Luís Colete, Rosário Fidelis, Serafim Sira, Álvaro de Carvalho e Dionísio Colege são outros dos antigos colaboradores de Manhenje detidos em conexão com o processo de desvio de fundos.

 

INGC APOSTA EM BARRAGENS SUBTERRÂNEAS

O Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) vai apostar na construção de barragens subterrâneas que, segundo estudos desenvolvidos no Brasil, constituem uma alternativa para armazenar água da chuva e do lençol freático no subsolo. Segundo noticia a última edição do jornal domingo, trata-se de uma infra-estrutura similar às barragens de céu aberto, mas com vantagens múltiplas, dado que são resistentes à evaporação, à contaminação e ao assoreamento por se encontrarem no subsolo. Com este projecto, o INGC pretende mitigar as rotineiras crises de falta de água que abala grande parte do território nacional.

Categories
OBITUÁRIO

Paul Newman (1925/2008) – 83 anos

Apagou-se aquele azul. O olhar transparente de Paul Newman rendeu-se, no último sábado, à força do cancro no pulmão que o enfraquecia há algum tempo. Durante anos foram os olhos mais badalados de Hollywood. Newman não ficou somente célebre pelo seu trabalho na Sétima Arte mas também pelo seu activismo político, a sua generosidade filantrópica e a sua paixão pela velocidade – chegou a ser piloto de automóveis. Em Agosto passado, quando pressentiu que a morte estava para muito breve, decidiu abandonar o hospital e o tratamento médico para desfrutar da intimidade dos últimos dias rodeado da família e dos amigos na sua casa de campo de Westport (Connecticut), local onde veio a falecer. Contava 83 anos.

Efectivamente, em 1958, o mundo saboreou, em todo o seu esplendor, os olhos de Newman quando a chegada da cor a Hollywood permitiu encher de azul o ecrã na película “O mercador de almas”. Aquele filme, o sexto da sua carreira, com o qual venceu o prémio de melhor actor no festival de Cannes, proporcionoulhe também o encontro com a actriz Joanne Woodward, que se converteria, pouco depois, na sua segunda mulher. Newman emparceirou com Joanne em11 filmes, dirigindo-a ainda em quatro. Numa indústria em que é fácil deixar-se seduzir com quem se contracena, Newman também foi original, chegando a afirmar: “Se tenho um excelente bife em casa porque hei-de comer um hambúrguer?”, gracejou, já nos anos 90, a respeito das tentações com quem trabalhou. E não foram poucas! Efectivamente, Newman contracenou com as melhores actrizes da sua geração, desde Elisabeth Taylor em “Gata em Telhado de Zinco Quente” até Lauren Bacall em “Harper”. Mas a parelha com que fez mais sucesso não era do sexo oposto. O western “Dois homens e um destino” converteu, em 1969, a dupla Paul Newman e Robert Redford num fenómeno comercial, algo que se viria a repetir em 1973 com o filme “A Golpada”, outro clássico daquela época, onde os dois voltavam a vestir a pele de personagens marginais que, aliás, Newman buscaria sempre como fuga aos papéis de galã.

 

Categories
Grande Maputo

Taxistas clamam por mais organização e segurança na profissão

Vida dura  

O @Verdade falou com Félix Khumbane, taxista de 46 anos de idade, nove dos quais dedicados à profissão. Na opinião de Khumbane, ser taxista em Moçambique é muito arriscado porque esta profissão não está muito bem organizada. Existe uma associação dos taxistas, mas ela não serve os interesses destes profissionais. Falando dos riscos que esta profissão oferece, Khumbane diz “que esperar por um cliente desconhecido com quem nada se combinou é muito arriscado. Também alguns clientes alugam o táxi, levando o taxista ao destino e depois fogem ou simplesmente transportam coisas ilegais porque o taxista não os pode revistar.”

Khumbane diz ainda que não se deve comparar o táxi com o chapa, uma vez que o chapa sofre um desgaste muito maior do que o táxi, já que este último limita-se a ficar à espera do cliente. Em termos de receitas é muito irregular: o táxi pode ficar todo o dia sem fazer 200 meticais, enquanto o chapa procura os passageiros e pode fazer mais. Também depende das praças, do estado do carro, da higiene do taxista, etc.

Segundo Khumbane, o taxista deve conhecer a cidade, as ruas, as avenidas, as instituições, os hotéis, os restaurantes, as escolas, etc., de modo a servir bem o cliente. Os preços variam de acordo com a distância e o tempo do uso do táxi.